Ir para o conteúdo

Ajuda

Tela cheia Sugerir um artigo

Atualizações

8 de Agosto de 2012, 21:00 , por Vicente Aguiar - | No one following this article yet.

Aqui você fica sabendo de todas novidades da plataforma Noosfero: o software livre que dá vida para esta Rede Blogoosfero!.


Secretaria Nacional de Juventude lança portal com Noosfero

22 de Janeiro de 2015, 23:28, por Desconhecido

A Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) lançou o novo Portal da Juventude, rede social construída com Noosfero voltada para a participação social de jovens brasileiros. O portal é a primeira plataforma temática do Governo Federal e tem o objetivo de agregar todas as pessoas envolvidas direta ou indiretamente com as políticas públicas para a juventude por meio de notícias, fóruns, comunidades, discussões e debates.

A plataforma é um esforço conjunto da SNJ, da Secretaria de Comunicação Social (Secom) e da Secretaria-Geral da Presidência da República que faz parte do plano estratégico de comunicação com a sociedade civil. O Portal ainda inclui os sites do Participatório - Observatório Participativo da Juventude, os sites da SNJ, do Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), do Juventude Viva, da Juventude Rural e da Estação Juventude.

O Noosfero é uma software para redes sociais construído pela Colivre com software livre, que reúne as funcionalidades de site, blog, fóruns de discussão, loja virtual e campus virtual e permite total autonomia de cada rede. O Noosfero torna possível o desenvolvimento de redes sociais de nicho para diversas instituições, universidades, organizações da sociedade civil, redes de economia solidária e cooperativismo. Com o Noosfero, a Colivre venceu o 9° Prêmio Cooperativa do Ano na categoria Inovação e Tecnologia.

Para conhecer o portal acesse o endereço www.juventude.gov.br



Artigo relata experiência com Noosfero em curso online sobre Recursos Educacionais Abertos

22 de Janeiro de 2015, 23:28, por Desconhecido

 

A II Escola Regional de Informática de Goiás (ERI-GO 2014), evento promovido pela Universidade Federal de Goiás (UFG), publicou em seus anais o artigo Curso REA: a construção de um curso aberto apoiado por software livre de mídias sociais, que aborda, entre outros aspectos, a utilização do Noosfero como plataforma para experiências na área de educação. O artigo trata da iniciativa do Curso REA, construído por voluntários para compartilhamento de conhecimentos sobre Educação Aberta (EA) e Recursos de Educação Aberta (REA).

O artigo explica os motivos da preferência pelo Noosfero: "Este software foi escolhido primeiramente por ser um software livre. Em segundo plano, buscávamos ir além das limitações dos AVAs (Ambientes Virtuais de Aprendizagem) tradicionais. Além disso, o Noosfero disponibiliza, por padrão, publicamente os conteúdos produzidos pelos seus participantes por toda a internet, diferentemente de outras mídias sociais, que mantêm os conteúdos fechados dentro da própria rede, o que contraria os pressupostos pedágogicos de abertura do conhecimento assumidos no projeto do curso."

Através da rede social do Curso REA, usuários podem acessar e compartilhar conteúdos de hipertexto, vídeos, imagens, arquivos e palestras virtuais. O aprendizado se dá através de comunidades temáticas na rede, organizadas por orientadores que utilizam textos e palestras virtuais e se encarregam de fomentar discussões em tópicos. A primeira edição do curso aconteceu entre 30 de setembro e 08 de dezembro de 2013, contando com mais de 500 inscritos.

O artigo destaca ainda a importância da utilização do Software Livre na educação. Para os autores "através do Software Livre, o aluno e os professores usufruem uma experiência de abertura completa no processo de ensino-aprendizagem, desde o conteúdo didático até a plataforma que o suporta. O software livre, por exemplo, permitiria, dentre outras liberdades, que um aluno ou professor replicasse e adaptasse o curso em outras situações em que ele achasse conveniente, reaproveitando-se esforços e multiplicando oportunidades de aprendizado", afirmam os autores no texto.

Para ler o artigo na íntegra acesse os anais do evento aqui.



OCB lança revista sobre cooperativas vencedoras do Prêmio Cooperativa do Ano

22 de Janeiro de 2015, 23:28, por Desconhecido

 

A Organização das Cooperativas do Brasil (OCB) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Cooperativista (Sescoop) produziram uma revista especial para divulgar as cooperativas vencedoras do 9° Prêmio Cooperativa do Ano e os projetos ganhadores. Realizado desde 2004, o concurso tem o objetivo de promover o reconhecimento a cooperativas que promovem benefícios para seus associados e a comunidade.

A Colivre foi uma das vencedoras do prêmio e ficou em primeiro lugar na categoria Inovação e Tecnologia com o projeto Noosfero: a plataforma livre de redes sociais, educacionais, de economia solidária e cidadania. Construído pela Colivre como um projeto de software livre, o Noosfero é uma plataforma de redes sociais que reúne as funcionalidades de site, blog, fóruns de discussão, loja e campus virtual, com possibilidade de total autonomia de cada rede.

Além de Inovação e Tecnologia, outras seis categorias integraram esta edição: Desenvolvimento Sustentável; Comunicação e Difusão do Cooperativismo; Cooperativa Cidadã; Fidelização; Benefício e Atendimento. No total, foram apresentados 273 projetos de 185 cooperativas de todo o Brasil, com três premiados em cada categoria.

Para acessar o conteúdo da revista na íntegra clique aqui.



Cooperativas do Nordeste mostram experiências de sucesso no Cirandas.net

22 de Janeiro de 2015, 23:28, por Desconhecido

Quer conhecer experiências de sucesso de empreendimentos de Economia Solidária que utilizam o Cirandas.net para comercializar seus produtos? A Colivre acaba de lançar um vídeo que registra histórias de dois empreendimentos bem sucedidos com o uso do Cirandas: a cooperativa baiana RedeMoinho e a cooperativa de produção de brinquedos educativos de Olinda (PE) Art Gravatá.


O vídeo é uma realização da Colivre em parceria com o Fórum Brasileiro de Economia Solidária (FBES) e produzido pela Colaborativa.PE como parte do projeto "Cirandas.net: Plataforma livre para o fortalecimento das redes de Economia Solidária e comércio justo na Bahia", financiado pela Secretaria do Trabalho Emprego, Renda e Esporte (Setre/BA).

Para o gestor de relações com o consumidor da RedeMoinho, Alessandro Vigilante, o Cirandas.net oferece um ótimo sistema de comercialização de produtos, que permite que os clientes façam suas compras e a cooperativa realize a entrega no último dia da semana: "A internet está sendo de grande ajuda para a divulgação da nossa rede, o cliente conta com a plataforma Cirandas no nosso site e encontra os produtos, os detaques e as promoções", explica Alessandro.

Já o diretor comercial da Art Gravatá, Mário Sérgio, é bem enfático: "Se não fosse a internet, a Art Gravatá estaria fechada e o Cirandas foi a principal ferramenta para que isso não acontecesse. De 2009 pra cá a gente começou a usar totalmente a plataforma Cirandas e vender e comercializar nossos produtos. Estimamos que cerca de 97% das nossas vendas são dependentes da internet e do site Cirandas", afirma Mário Sérgio.

A possibilidade de construção de sites e lojas virtuais sem custo de hospedagem é uma grande oportunidade que o Cirandas.net oferece aos empreendimentos solidários. A rede é mantida pelo FBES, que ainda oferece suporte técnico gratuito aos usuários.



Construída com Noosfero, Rede Olá é aposta de comunicação do cooperativismo baiano

22 de Janeiro de 2015, 21:28, por Desconhecido

 

A Rede Olá, rede social do cooperativismo, teve seu lançamento oficial no último dia 08 de outubro, durante o 1º Encontro de Comunicadores Cooperativistas da Bahia, realizado em Salvador. Concebida pela OCEB e Sescoop/BA, viabilizada tecnicamente pela Colivre, a rede faz parte da atual política de comunicação do sistema OCEB, que busca fortalecer a intercooperação entre as cooperativas baianas e aproximar os empreendimentos.

A partir da plataforma Noosfero, a Rede Olá foi construída como um ambiente que une rede social, sites e um catálogo online das cooperativas baianas. A Olá permite a criação de perfis pessoais, fóruns, grupos de discussão, calendário de eventos, blogs e sites com lojas virtuais.

Durante o lançamento, o presidente do sistema OCEB e Sescoop/BA, Cergio Tecchio, destacou que a Olá é uma grande aposta para o fortalecimento do cooperativismo baiano. "Acredito na Rede Olá como um projeto inovador e facilitador para o mercado cooperativo. Responsável, principalmente, por uma intercomunicação entre as cooperativas, os cooperados e o cenário cooperativista. Precisamos de atitude e mostrar que estamos prontos para encarar o mercado de forma justa e positiva", afirmou.

O assessor de comunicação da OCEB, Ricardo Caribé, também destacou a importância da plataforma e afirmou o interesse da OCEB para que ela seja adotada nacionalmente. 

Para a Colivre, a Rede Olá é uma forma de promover a ajuda mútua entre as cooperativas, a comercialização de produtos e serviços  e a divulgação de informações e notícias sobre cooperativismo. "São infinitas as possibilidades, a construção da rede é diária, é o uso que vai aprimorá-la", afirmou Patrícia Conceição, sócia da Colivre, durante a apresentação da rede no Encontro de Comunicadores.

Para conhecer a Rede Olá acesse www.ola.coop.br




Tags deste artigo: release redes sociais colivre software livre noosfero